Seres Vivos

Seres Vivos

Corydora Aneus

  • Nome científico: Corydoras Aeneus
  • Nome comum: Coridora Bronze
  • Distribuição geográfica: América do Sul, Trinidade, Venezuela
  • Tamanho: 7 cm
  • Dimorfismo sexual: Podem ser diferenciados pelo tamanho sendo a fêmea mais comprida e mais larga que o macho, e podem sem diferenciadas pela barbatana dorsal. As barbatanas dorsais do macho são mais altas e mais largas.
  • Temperatura: Entre 19º e 26º C
  • PH: Entre 7 e 7,3

Ficha Técnica

  • Características:
    • A Coridora Bronze é extremamente resistente, e, ao contrário da Coridora Albina é de reprodução razoavelmente simples, e está extremamente bem adaptada ao cativeiro. A melhor altura para as alimentar é quando a luz se encontra fraca, é também a altura em que elas se tornam mais activas. São óptimas e indispensáveis para um aquário de peixes ornamentais com características não agressivas pois contribuem bastante para a limpeza do aquário.
 

  • Temperamento:
    • Assim como as demais espécies de Coridora esta é também muito social e pacífica. É aconselhável tê-las em grupo de 3 ou mais elementos, de preferência da mesma espécie.
 

  • Alimentação:
    • Embora chamadas de "limpa-fundos" as Coridoras não se alimentam unicamente dos restos existentes no fundo do aquário. A Coridora deve ser alimentada correctamente assim como todas as espécies, como tal, deverá ser alimentada com comida própria para peixes de fundo à base de vegetais ou com os tradicionais flocos.
 

  • Reprodução:
    • Para reprodução desta espécie é preciso não ter mudado a água nos 5 meses anteriores à altura em que pretende que elas reproduzam. Quando quiser que elas se reproduzam, tire entre 50% e 75% da água e volte a encher com água vinda directamente da torneira, sem qualquer tratamento. Uns dias depois desovam e a eclosão dá-se entre 3 e 5 dias.